De olho nas tendências de consumo 2022


Tendências de consumo 2022

Acompanhar as tendências de consumo 2022 é essencial para as empresas e marcas guiarem suas estratégias diante de um ano repleto de mudanças. Os reflexos da pandemia e do isolamento social são os principais propulsores das transformações, tão marcadas por um novo estilo de vida. 

De acordo com os apontamentos da WGSN, veremos o despontar de 3 perfis de consumidores. Além de saber quais são eles, relacionaremos também outros fatores importantes que podem impactar a atuação do seu negócio.

A WGSN é uma consultoria global que estuda tendências de consumo, lifestyle e design de produtos. Segundo ela, 2022 vai exigir das companhias muita flexibilidade, resiliência e criatividade.

Então, acompanhe e fique por dentro!

As tendências de consumo 2022 em 3 perfis

Conforme mencionado, o estudo da WGSN prevê 3 perfis de consumidores para os próximos anos. Entretanto, os estabilizadores, os comunitários e os novos otimistas possuem um aspecto em comum. Todos eles apresentarão forte necessidade de interação humana. O que deve ser motivado por razões como medo, dessincronização social, resiliência e otimismo radical.

  • Estabilizadores: são aqueles que priorizam o equilíbrio nos mais variados âmbitos da vida. Eles buscam por experiências de varejo simplificadas, compras tranquilas e relacionamentos transparentes com as marcas.
  • Comunitários: estes desejam viver uma nova era pautada no localismo. Querem se abrigar em sua comunidade e, assim, redefinir a agitada rotina de trabalho.
  • Novos otimistas: preocupados com os crescentes níveis de medo e ansiedade, eles se focam na busca por momentos de alegria.

Design de experiência 

Ainda de acordo com a WGSN, o design de experiência será uma importante ferramenta frente às tendências de consumo 2022. Isto porque, a partir de agora, os consumidores não estarão mais interessados apenas no “ter”. Mas, sobretudo, no sentir e compartilhar. O desejo de posse será substituído pela vontade de usar e transformar algo, de modo que possa ser lembrado por muito tempo.

Marcas como a Uber e o Airbnb possuem modelos de negócios que vão a esse encontro. Pelos serviços que oferecem, seus clientes não precisam arcar com os ônus trazidos pela posse. Eles resolvem suas necessidades de forma prática e pontual. Assim, a experiência que pode ser transformada em lembrança é o que mais conta.

Compra facilitada

Para o novo consumidor o processo de compra deve ser fluido, independentemente da plataforma por onde ele acontece. A aquisição deverá ser a mais facilitada possível, seja em ambiente físico ou digital. Portanto, se tornará crucial investir em soluções de vendas, pagamentos e estoque, capazes de se adaptarem ao meio em que estiverem inseridas. O consumidor não poderá se preocupar em ter de resolver, ele mesmo, nenhuma das etapas de compra.

Quer saber mais? Então, continue acompanhando nossos artigos e dicas aqui no blog ou, se preferir, em nosso Instagram. Tem muito mais vindo por aí. Contamos com a sua companhia!

WhatsApp: (11) 98327-6060.