Como construir relações de confiança no trabalho? Veja as dicas!


Relação de confiança no trabalho

Assim como em todos os outros tipos de relação, a confiança no trabalho é essencial para produzir bons frutos. Com os desafios impostos pela pandemia de COVID-19 sua importância foi ainda mais evidenciada, uma vez que os colaboradores tiveram de se afastar do ambiente tradicional da empresa.

A atuação remota da equipe exigiu dos gestores um voto de confiança com relação a realização das tarefas e atingimento de metas. Mas não só isto. Exigiu também que os funcionários acreditassem nos esforços da organização em manter os empregos e o ritmo dos negócios.

O tempo é um fator que não pode ser ignorado. É necessário o seu decorrer para que as relações possam amadurecer e se afinar de maneira consistente. Entretanto, o que pode ser feito para promover e alimentar a confiança no trabalho?

No post de hoje veremos 5 dicas para ajudar nesse sentido. Leia abaixo!

Confiança e colaboração

Empresas que valorizam uma atuação colaborativa precisam se mostrar confiáveis quanto à liberdade de expressão. Caso contrário, os funcionários não se sentirão à vontade para interagir e manifestar suas opiniões. Assim, os processos de colaboração serão minados. 

É preciso deixar claro que a visão de cada um é importante e relevante. Que há espaço para novas ideias, as quais podem surgir de conversas informais, espontâneas e até mesmo críticas sobre o próprio negócio. O senso de liberdade é fundamental!

Um ambiente que se demonstra confiável é capaz de unir mais o pessoal, estimular a produtividade e aumentar o engajamento de todos com os objetivos traçados.

5 dicas para construir confiança no trabalho

Como já sinalizado, a confiança no trabalho não irá surgir do dia para a noite. Contudo, algumas medidas são capazes de impulsioná-la, assim como mantê-la ao longo dos anos. É necessário constância para conquistar o time dia após dia.

1. Delegue funções

Delegar tarefas de alta responsabilidade não só permite que o líder tenha mais tempo para cuidar de questões estratégicas, como também faz os colaboradores terem a noção de que são importantes e capazes de irem além. Então, é estabelecida uma relação de confiança que exige um comprometimento de ambos os lados.

2. Pratique o feedback

Profissionais responsáveis se interessam por saber se estão no caminho certo. Portanto, é preciso que o líder busque se aproximar deles para orientá-los e apoiá-los. Os feedbacks construtivos são indispensáveis nesse contexto. Eles devem fazer parte do esforço em manter uma comunicação interna regular. Desta forma, será criada a imagem de uma empresa transparente e, consequentemente, confiável.

3. Ouça os colaboradores

Oferecer meios e ferramentas que permitam ouvir a equipe é requisito básico. Até mesmo antes de passar os feedbacks deve-se, primeiro, permitir que os colaboradores falem ou contem sobre suas experiências. Ao perceber que esse espaço de diálogo existe, eles se sentirão mais seguros e também mais valorizados.

4. Promova treinamentos

Cursos e treinamentos ajudam a elevar o nível de autoconfiança. Quando a empresa os promove, ela se coloca ao lado do time, de sua melhoria contínua e da busca por resultados melhores.

5. Crie um ambiente confortável

Um espaço de trabalho bem planejado irá atestar que a companhia se preocupa com o conforto e a saúde dos ocupantes. Assim, eles entenderão sua importância não apenas enquanto trabalhadores, mas sobretudo como seres humanos. Então, passarão a confiar mais no negócio com um todo.

Conte com nossa expertise de mais de 30 anos em Projetos de Arquitetura Corporativa. Confira aqui nosso portfólio e conheça melhor nosso trabalho!

Referências: Work Design, Poder da Escuta, Exame.com.