Laboratório de informática: Como deve ser esse ambiente na escola?


O laboratório de informática já foi novidade dentro das escolas. Hoje, seu uso e objetivo são revisados diante dos avanços tecnológicos e dos novos hábitos dos alunos. Assim, o propósito pedagógico desse ambiente tem dependido muito da orientação de cada instituição de ensino. Por isso, seu projeto de Arquitetura precisa ser desenvolvido de modo mais personalizado.

O redesign dos espaços educacionais é uma tendência em diferentes partes do mundo. Tal qual a própria sala de aula, o laboratório de informática também precisa ser adequado para proporcionar um contato diferenciado com a tecnologia. É importante que ele seja multifuncional e promova autonomia, segurança e interatividade.

Entretanto, apesar das soluções próprias, aplicadas em casos isolados, é possível apontar parâmetros essenciais, que jamais devem ser ignorados.

Veja a seguir!

Coordenação do layout do laboratório de informática

A clara compreensão sobre os objetivos da TIC – Tecnologia da Informação e Comunicação na instituição é de suma importância para o planejamento de um ambiente eficaz.

O laboratório de informática pode ser idealizado, por exemplo, para incentivar a interação entre os estudantes. Isso implicaria em um espaço mais aberto, com mesas colaborativas e disposição em formato de “U”. De modo diferente, pode ser desejável contar com estações individuais, que permitem um maior monitoramento por parte dos professores.

Iluminação

A disposição das telas deve ser corretamente orientada conforme a iluminação projetada, seja ela natural ou artificial. Em nenhum dos casos deve haver o fenômeno de ofuscamento, que acontece quando uma tela reflete a luz. Além do simples desconforto, isso pode levar ao estresse e até prejudicar a visão de forma grave.

É interessante trabalhar com interruptores independentes, que permitem ligar ou desligar parcialmente as luzes. Desta forma, há maior versatilidade para atender as necessidades apresentadas em cada atividade e período.

Equipamentos

Computadores, notebooks, CPUs, estabilizadores, projetores. Quais equipamentos serão empregados? Ter esse conhecimento faz toda a diferença para que seja possível projetar um local propício ao melhor uso possível deles.

De modo geral, recomenda-se que eles fiquem longe de tubulações hidráulicas e mantenham, entre si, a distância de 2 metros. Além disso, cada qual precisa ter a sua própria tomada e, para acessá-los, os usuários devem ser capazes de sentarem-se com os pés no chão e teclarem de maneira confortável.

Conforto térmico

A instalação de ar-condicionado não é uma obrigatoriedade. Porém, a temperatura ambiente deve ser de no máximo 30 ° C, considerando o laboratório em uso.

Vale lembrar que o conforto térmico é imprescindível não apenas para os usuários. A manutenção dos equipamentos também depende desse quesito.

Piso

É crucial que o piso do laboratório de informática conte com proteção contra descargas eletrostáticas. Assim, os ocupantes e as máquinas ficam protegidos de cargas condutivas. O revestimento precisa ser antiderrapante e também resistente a manchas químicas.

Com mais de 30 anos de atuação, a DABUS ARQUITETURA é especialista em projetos de Arquitetura Escolar. Ao longo desses anos, as mais diferentes instituições de ensino foram atendidas de acordo com seus programas, métodos e públicos únicos.

Entre em contato pelo WhatsApp e saiba mais: (11) 98327-6060.